Notícias 2018

Prêmio Femipa de Melhores Práticas e Criatividade divulga classificados para apresentação oral

A comissão julgadora da segunda edição do Femipa de Melhores Práticas e Criatividade divulgou hoje, 26, os projetos selecionados para a apresentação oral, que acontecerá no dia 14 de março, nas salas temáticas do 12º Seminário Femipa. Foram 22 projetos inscritos entre as categorias “Gestão de Pessoal”, “Gestão da Assistência e Segurança do Paciente”, “Gestão Hospitalar” e “Gestão de Infraestrutura e Logística Hospitalar”. Do total, apenas uma instituição foi inscrita na classe para hospitais com até 100 leitos. As demais 21 entidades se inscreveram na classe para hospitais com mais de 100 leitos. Nesta edição o prêmio recebeu também trabalhos de instituições de Saúde não filantrópicas do Paraná. Agora, a Femipa vai enviar um e-mail às entidades oficializando a classificação e orientando as próximas etapas.

Vale ressaltar que as apresentações terão duração máxima de 20 minutos, e o não cumprimento deste tempo implicará na redução da pontuação oral em 30%. Além disso, todos os critérios deverão ser contemplados e o tema deverá ser exposto com clareza e objetividade, dentro do modelo de apresentação fornecido pela Femipa. Cada entidade selecionada deverá indicar um representante para apresentar o case, e este representante deverá estar inscrito no 12º Seminário Femipa pelo site www.seminariofemipa.org.br. A Femipa informa que não será permitida a citação de outras empresas ou instituições contratadas pela entidade filantrópica associada.

Confira abaixo a lista de classificados:

Categoria Gestão Hospitalar

Classe 1:

– Hospital de Olhos de Londrina (Hoftalon) – “Reestruturação Econômica Financeira em Hospital Especializado”

Classe 2:

– Santa Casa de Cianorte (Fundação Hospitalar de Saúde) – “O impacto da Tecnologia da Informação na Gestão Hospitalar”

– Hospital Universitário Cajuru – “Programa de Gerenciamento de Antimicrobianos no HUC: reduzindo custos sem reduzir dias de terapia”

Irmandade Santa Casa de Misericórdia de Maringá – “Projeto ambiente seguro”

Categoria Gestão de Pessoas

– Hospital Universitário Cajuru – “Elaboração e Implementação de Programa de Saúde Corporativa: Integração de sinistralidade em saúde suplementar, qualidade de vida e saúde ocupacional”

– Hospital Ministro Costa Cavalcanti – “Gestão do Clima Organizacional: estratégia para a gestão de pessoas”

Categoria Gestão de Infraestrutura e Logística

– Hospital Universitário Cajuru – “Implementação de controles e rastreabilidade na gestão de OPME em hospitais de atendimento público”

– Hospital Erasto Gaertner – “Desenvolvimento, implantação e acompanhamento de plano diretor de hospital”

Categoria Gestão da Assistência e Segurança do Paciente:

– Hospital Ministro Costa Cavalcanti – “Avaliação de uma ferramenta para a Prescrição da Fisioterapia Hospitalar”

– Hospital Erasto Gaertner – “Projeto prescrição partilhada”

– Santa Casa de Maringá – “5 razões para implantar um serviço de cuidados com a pele”

A Femipa agradece os demais hospitais e profissionais que se inscreveram para o Prêmio e deseja boa sorte aos classificados.

Realização

Co-realização