Notícias 2017

Hospital Nossa Senhora das Graças apresenta case de sucesso sobre mudança de marca

Como aconteceu em todos os anos até aqui, o 4º Encontro de Assessores de Comunicação trouxe um case de sucesso para estimular a troca de experiências entre os participantes. Durante o evento, Melise Bochnia, responsável pela comunicação do Hospital Nossa Senhora das Graças, apresentou o processo para mudança de logotipo da instituição e também a construção da identidade do Grupo Hospitalar Nossa Senhora das Graças. A profissional explicou que o hospital evoluiu. Começou pequeno, com poucos leitos e aproximadamente 60 médicos e, hoje, tem mais de dois mil funcionários, mais de 1.500 médicos cadastrados e milhares de metros quadrados a mais. Porém, mesmo com todo esse crescimento, a marca não acompanhou a evolução do hospital.

Por conta disso, o departamento de Comunicação e Marketing da instituição realizou uma pesquisa de mercado, que apontou que a maioria dos clientes considerava o hospital um hospital “velho”.

“Ou seja, ele não estava moderno. A partir disso, começamos a redesenhar a estratégia, incluindo mudanças na comunicação, presença em redes sociais etc. A marca tinha que acompanhar tudo isso. A logo era de difícil leitura, não tínhamos boa performance quando aplicávamos junto a outras marcas. Então partimos para o desafio de como evoluir”, contou.

Uma grande preocupação da equipe foi com relação aos colaboradores, que tinham grande apego à marca. Para isso, eles enxergaram a oportunidade de aproveitar o momento e renovar também os valores institucionais do hospital, com o objetivo de fortalecer o nome da instituição, para que as pessoas “de dentro” falassem sobre isso e levassem “para fora”.

Processo

Segundo Melise, o desejo de mudar a marca não surgiu de uma hora para outra, mas era necessário esperar a hora certa. O primeiro passo foi conversar com as irmãs que dirigem o hospital. Nesse momento, a equipe mostrou cases de outros hospitais, falou sobre branding para mostrar como nossa marca estava se comportando e apresentou os benefícios da mudança. Com a aceitação das irmãs, a próxima ação foi procurar uma empresa de branding.

“Sabíamos da responsabilidade dessa mudança e precisávamos de alguém que realmente entendesse do assunto para fazer essa troca. Estabelecemos também alguns limites. Depois, passamos para a parte de validação da marca e definimos a estratégia de lançamento, aproveitando as oportunidades que tínhamos identificado. Queríamos envolver os funcionários nesse lançamento”, comentou.

Para a nova marca, o grupo trocou a fonte, simplificou o conceito do design, reduziu os elementos e mudou a cor. Depois de tudo pronto, havia a preocupação de como informar essa mudança. Foi criada uma animação explicando a nova marca, além de um novo vídeo institucional. Para apresentação, o departamento decidiu fazer um ritual com os funcionários: antes, eles receberam alguns e-mails marketing que contavam um pouco da história do hospital e indicando que uma mudança seria anunciada em breve para criar expectativa; depois, em um evento, eles estimularam os funcionários a fazerem releitura de valores, reproduziram o vídeo para falar sobre a nova marca e idealizaram uma revoada de balões para marcar a mudança.

“No vídeo, contamos a história de toda a evolução do hospital e do processo para mostrar que a mudança foi só um detalhe. Nosso objetivo com a logo era deixa-la mais leve, usando também a ideia de conexão, de conectar pessoas. Os funcionários gostaram da mudança e adoraram a proposta. Todos compraram a ideia de mostrar que somos modernos”, reforçou.

Além da mudança de marca, o departamento de Comunicação e Marketing também promoveu diversas padronizações, tudo pensado para mostrar união.

Grupo hospitalar

Melise conta que outra preocupação era com relação ao grupo hospitalar, que administra, além do Hospital Nossa Senhora das Graças, a Maternidade Mater Dei, por exemplo. Para não deixar todos com a mesma identidade, foi criada uma logo para o Grupo Hospitalar Nossa Senhora das Graças e foram modernizamos as logos de cada hospital que faz parte do grupo. A equipe também criou as identidades das instituições.

“Temos trabalhado os valores do hospital transformados em atitudes, e isso serve para todos os hospitais do grupo também. Agora, os próximos desafios serão fazer o novo site, finalizar o manual da marca e dos colaboradores e fortalecer a cultura do grupo dentro dos hospitais. Nosso objetivo é trabalhar cada vez mais a questão de atitude da instituição. Quanto mais estratégias tivermos, melhor serão as ações. Não é só a troca de uma marca, é todo o trabalho e estratégias para chegar nisso, com base no lugar onde queremos chegar. É um trabalho contínuo, que não acaba”, completou.

Realização

Co-realização